0

Entrevista | Virgínia Otten



A Virgínia tem 42 anos, vive em Cascais, é casada e tem dois filhos, o Miguel com 16 anos e a Maria com 6.
Em 2008, depois de ter ficado desempregada, criou um blog e com ele nasceu a Amo-te Mil Milhões.

O que os outros dizem sobre si?
Talvez digam que sou reservada, o que é verdade. Gosto muito mais de ouvir do que falar ☺ Também dizem que sou serena, humana, teimosa. 

Algo que ninguém ou poucas pessoas sabem sobre si?
Sou daquelas pessoas que procura o infinito no mais pequeno pormenor, logo sou insatisfeita por natureza. 

Hobbies?
Gosto de ler, de ir à caça de livros antigos em feiras e lojas em segunda mão, gosto de caminhar e de fotografar. Gosto de fazer tricot e crochet e de desenhar uns rabiscos. 

Livro ou cinema?
Livro!

Praia ou campo?
Campo!

O que mais lhe dá prazer?
Relaxar, com tempo, mesmo que apenas por uns minutos!

O seu maior sonho?
Dar aos meus filhos aquilo que eles mais precisam e vê-los crescer felizes e saudáveis.

O que a maternidade mudou em si?
Tornei-me uma pessoa mais responsável, aprendi a cozinhar, deixei de dormir, perdi grande parte da massa cinzenta no cérebro, descobri novos medos e o amor incondicional. Tornei-me Mulher.

Qual o maior desafio de ser Mãe?
Penso que seja manter-me saudável, não esquecer quem sou no meio de tudo o que tenho que ir equilibrando diariamente. 


A que se deve o nome Amo-te Mil Milhões?
Na altura em que comecei o blog o meu filho,então com seis anos, costumava contar um a um o quanto gostava de mim antes de adormecer. Gosto de ti um, gosto de ti cem, gosto de ti mil. Um dia encontrou os mil milhões. “Amo-te Mil Milhões, mãe!” A partir daí essa passou a ser a nossa forma de verbalizar o grande amor entre mãe e filho. Estive quase para não o tornar público por ser tão íntimo mas ainda bem que o fiz. Na verdade, o que mais quero com o meu trabalho é partilhar esses sentimentos que por vezes deixamos esquecidos na infância e que a maternidade nos devolve – o amor puro, simples, descomplicado que acredito ser a base de todos nós. 

O que é o Amo-te Mil Milhões?
O Amo-te Mil Milhões é uma marca registada portuguesa que se dedica à criação artesanal de brinquedos e acessórios para crianças (dos 0 aos 100). Todas as peças são únicas, feitas a partir de materiais de qualidade, com tempo, respeito e especial atenção ao detalhe. 

O que motivou o nascimento do Amo-te Mil Milhões?
Sempre fui uma pessoa criativa ligada às artes e com a primeira gravidez senti uma nova necessidade, a de criar coisas bonitas para o filho que aí vinha. 

A maternidade teve alguma influência na criação do Amo-te Mil Milhões?
Sim! A maternidade foi a grande impulsionadora! Foi ao tentar fazer os primeiros bonecos do meu filho que descobri que gostava muito de o fazer e que seria muito feliz se o pudesse fazer para o resto da vida. Dali a pouco tempo estava a fazer bonecos e mantas para as amigas oferecerem às amigas e assim tudo começou.

Como concilia a vida profissional como a vida pessoal? 
A minha vida é uma só. A vida pessoal e familiar está estreitamente ligada à profissional e vice-versa. Trabalho a um canto da sala onde tudo fica à vista e muitas vezes é enquanto brinco com a minha filha que me ocorrem boas ideias que vou logo anotar. Mas tento adoptar horários ou não seria produtivo de todo. Trabalho de dia, enquanto os filhos estão na escola e se necessário continuo à noite, depois de todos se deitarem. Ao fim de semana só trabalho se estiver sozinha em casa. 
Fazer bonecos com a dedicação que eu lhes dou é um trabalho muito demorado. Felizmente tenho uma família que compreende o quanto gosto e preciso de fazer o que faço. 
Faço questão de manter o Amo-te Mil Milhões uma marca pequena e familiar. Não tenho qualquer vontade de começar a produzir mais e mais depressa. Não há preço que pague a vida simples que levo.

Como tem evoluído o seu projecto?
Nestes dez anos pouco mudou, pelo menos na essência da marca. Agora que sou mãe de dois tenho menos tempo (e espaço!) para o meu trabalho, o que se faz sentir ao fim do mês. Mas também sei que todos estes anos a fazer bonecas aprendi muito e espero que isso se faça notar no produto final. O que mais quero é continuar a evoluir para oferecer não mais mas melhor.

O que mais gosta do seu projecto?
O meu projecto não é um negócio, é uma forma de vida! E o trabalho em si, uma paixão, uma terapia ☺

Se voltasse atrás faria tudo de novo ou alteraria alguma coisa, das suas opções e escolhas profissionais?
Se pudesse, teria começado mais cedo a trabalhar naquilo que gosto. 

Perspectivas do projecto para o futuro?
Quero continuar a fazer o que faço até o fim dos meus dias! A loja online está em construção e o blog vai acordar em breve de cara lavada. 

Perspectivas pessoais para o futuro?
Quero viajar mais mas também quero ter mais tempo para não fazer nada. Quero ler mais. Acima de tudo, quero ser boa mãe, boa mulher, boa pessoa.

Como divulga o Amo-te Mil Milhões?
Através das redes sociais. 

O que diferencia o Amo-te Mil Milhões das restantes marcas semelhantes no mercado?
O objectivo final do meu trabalho é agradar e inspirar. Tudo o que faço é feito para durar. É um trabalho original, honesto que leva muito amor dentro de si.


Um conselho para quem tem um projecto de negócio na gaveta.
Se não tiverem a certeza, talvez não seja esse o caminho. Se viver sem esse projecto é algo que não vos deixa dormir, vão em frente! Comecem com poucas expectativas, informem-se, pesquisem. Acima de tudo, ouçam a vossa voz interior e respeitem o vosso ritmo. Arrisquem. Descubram a vossa tribo!

Pode acompanhar a Virgínia e o Amo-te Mil Milhões nas redes sociais
Facebook - aqui
Instagram Amo-te Mil Milhões - aqui
Instagram Virgínia Otten - aqui

Blog - aqui
Loja on-line - aqui


Obrigada Virgína, pela partilha.