0

Entrevista | Mónica Pinto



A Mónica, tem 38 anos, vive no Concelho de Oeiras, e é mãe de dois filhos: a Mafalda de 5 anos e o António de 2 anos. E é o rosto por detrás da Pintarola Design.

O que os outros dizem sobre si?
O dizem de mim, pelo menos à minha frente, é que sou “simpática, atenciosa, empreendedora, de alegria contagiante, carismática, correta, determinada e muito boa amiga. A nível profissional já me chamaram “uma máquina de trabalho e super mulher.” Eu perguntei mesmo a algumas pessoas ahahah.

Algo que ninguém ou poucas pessoas sabem sobre si?
Sou bastante reservada, o que ninguém diria à partida, porque sou extrovertida e comunicativa, no entanto reservo muito a minha privacidade e sentimentos e só os amigos mais íntimos é que deixo entrar na minha  “bolha”.

Hobbies? 
Yoga, Reiki

Livro ou cinema?
Prefiro o livro porque nos deixa livres para imaginar e sentir o enredo, é uma experiência mais intimista e pessoal. No entanto, também adoro ver filmes.

Praia ou campo?
Praia - não vivo sem o mar. Aquela sensação do sal na pele, o sol, a areia… e poder dar um mergulho a qualquer hora do dia, não tem preço.

O que mais lhe dá prazer?
Estar com os meus filhos, ir buscá-los ao colégio e eles virem a correr para mim a dizer “Mãe! Mãe!” de braços abertos; um mergulho de mar, meditar, beijar na boca, fazer amor, yoga… Receber família e amigos em casa e estarmos todos entre a cozinha e a mesa, uns a fazer petiscos, outros a sangria, todos a provar e a contribuir no que os outros estão a preparar, com os risos dos miúdos de fundo…


O seu maior sonho?
Estou a vivê-lo - Ser mãe! Claro que continuo a sonhar com outras coisas, mas o maior já o estou a viver.

O que a maternidade mudou em si? 
A minha lista de prioridades mudou e o caminho espiritual que iniciei antes de ser mãe, passou a fazer ainda mais sentido: tornei-me uma pessoa mais ponderada e tolerante e conquistei a minha paz interior, o que é também um contra-senso uma vez que o coração de mãe vive fora do peito e o descanso acaba.

Qual o maior desafio de ser Mãe?
Na minha opinião é mesmo educar, e educar pelo exemplo, já que as crianças copiam os comportamentos de quem lhes é mais próximo, porque “faz o que eu digo e não olhes para o que eu faço” é relativamente fácil, já agir correctamente e ter os comportamentos que gostaríamos de ver nos nossos filhos, sempre, é um desafio diário e constante. 

Nome do projecto?
Pintarola Design

A que se deve o nome Pintarola Design?
Essencialmente por duas razões, por um lado queria um nome que tivesse a ver comigo e como tenho muitas sardas e sinais, em miúda alguns amigos chamavam-lhes pintarolas. Por outro lado, no início, a Pintarola centrava-se muito no universo infantil e as pintarolas são uma referência de infância da minha geração, quem não se lembra dos tubinhos cheios de pintarolas?!

E o que é a Pintarolas Design?
Inicialmente a Pintarola Design começou por ser um projecto de arte voltado para a pintura que depressa passou para o design de têxteis, design gráfico com a criação de logotipos, catálogos, animações para marcas e desenvolvimento de material para as redes sociais.

Como e quando nasceu o projecto?
A Pintarola na realidade tem mais de 10 anos, desde os tempos em que pintava aguarelas para os amigos e fazia alguns trabalhos de design gráfico para conhecidos. Entretanto começou a tornar-se um negócio mais sério e com trabalhos regulares em 2015, altura em  que registei a marca.

O que motivou o nascimento do projecto?
O projecto começou como um hobby e desenvolveu-se em negócio com a maternidade. Já tinha alguns clientes e a ideia de poder trabalhar a partir de casa para dar mais apoio à Mafalda (na altura ainda só tinha a Mafalda) foi o que me motivou.

Como concilia a vida profissional como a vida pessoal? 
Tenho uma regra: a partir do momento em que vou buscar os miúdos à escola e até os deitar, não trabalho (mas é daquelas regras permeáveis e infelizmente, às vezes, não dá para cumprir). Assim como ao fim-de-semana tento passar o máximo de tempo com eles a fazer actividades em família.

Como tem evoluído a Pintarola?
Tem evoluído surpreendentemente bem. Não estava à espera de em tão pouco tempo passar de colaborações esporádicas com marcas para o desenho de colecções inteiras de padrões exclusivos. Isto permite-me que a Pintarola seja um negócio a tempo inteiro e única ocupação (e que me leva a trabalhar pela noite dentro ahah).

Qual a profissão anterior? 
Trabalhava em gestão de Marketing.

O que mais gosta do seu projecto?
A autonomia, a criatividade e a diversidade do que posso fazer. Uma das coisas que me dá mais prazer é a criação de padrões para roupa, desde a conceptualização da ideia e o que inspira a coleção do cliente, à pesquisa, execução (desenhar, pintar) e composição já no computador. No final ver o produto final - um vestido, fato-de-banho - com algo que começou numa folha de papel dá imenso gozo.

Se voltasse atrás faria tudo de novo ou alteraria alguma coisa, das suas opções e escolhas profissionais?
Faria tudo como fiz, acho que faria melhor, mas tomaria as mesmas opções. Cada sítio por onde passei deu-me competências que me permitiram avançar com o meu negócio com confiança e ao mesmo tempo ser multidisciplinar e poder fazer a Pintarola evoluir para onde quiser.

Perspectivas da Pintarola para o futuro?
Cada vez fazer mais e melhor pelos meus clientes, algumas marcas estão comigo desde o início e recentemente comecei a oferecer serviços de consultoria de marketing e comunicação digital, nomeadamente no planeamento e produção de conteúdos para o Instagram. Ao mesmo tempo, as solicitações de desenho de padrões exclusivos têm vindo a aumentar, por isso, e com alguma ajuda do universo, perspectiva-se um futuro risonho.

Perspectivas pessoais para o futuro?
Praticar o amor próprio, continuar a investir em tempo para mim e continuar no meu caminho espiritual. Num futuro próximo gostava de fazer o nível III de Reiki, mas é preciso praticar muito nos outros, por isso sem pressa, lá chegarei. 

Como divulga a Pintarola?
Divulgo muito, muito pouco. Sou uma lástima (risos)! A Pintarola está no instagram, facebook e tem site próprio e felizmente o boca a boca funciona e os clientes chegam por referência de outros clientes, alguns clientes chegam por pesquisa no Google que vai dar ao site da marca.

O que diferencia a Pintarola dos restantes projectos semelhantes no mercado?
Acho que quem diferencia os negócios são as pessoas e neste caso, perdoem-me se pareço muito convencida, mas sou eu e os meus clientes. Tenho tido a sorte de me cruzar com pessoas fantásticas que puxam por mim e me têm lançado desafios que me obrigam a sair da zona de conforto.

Mensagem para quem ainda não conheça a Pintarola.
A Pintarola dedica-se à ilustração e design gráfico, com especialidade em design de superfície para têxteis, e  ainda oferece serviços de consultoria de Marketing para negócios. Trabalha com e para empresas, mas também para particulares com trabalhos artísticos de pintura.

Um conselho para quem tem um projecto de negócio na gaveta.
Nada como começar a fazer mesmo que seja apenas no tempo-livre porque tem que manter o emprego actual, o pouco que vai fazendo todos os dias, é alguma coisa ao fim de um mês. Peça ajuda, aos familiares e amigos para lhe darem opinião sincera ou mesmo alguma coisa que precise da parte deles. Tenha objectivos e faça uma boa gestão do seu tempo: ter um negócio próprio pode ser muito desgastante e é muito fácil nos perdermos no meio de tanta coisa que há para fazer, por isso estabeleça prioridades, calendarize o que precisa fazer e os passos que precisa de dar para alcançar os seus objectivos. Arregace as mangas e boa sorte!

Muito obrigada Mónica, pela partilha, adoramos conhecer-te melhor.

Podem seguir a Pintarola nas redes sociais: facebook (aqui) e Instagram (aqui)
Podem ver todos os artigos na loja on-line em www.pintaroladesign.com